40 presos deixaram o presídio federal de Mossoró (RN), no início da tarde de ontem, com destino ao presídio federal de Catanduvas, no interior do Paraná. Eles foram trazidos por um avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

No dia 20, em meio aos protestos dos agentes penitenciários por mais segurança à classe, 38 presos das unidades prisionais de Piraquara (onde estariam partindo as ordens de assassinatos de agentes) foram transferidos a Porto Velho (RO) e Mossoró.

Na época, o secretário de segurança, Cid Vasquez, afirmou que a ação foi uma medida preventiva para garantir a segurança dentro do sistema prisional. “A medida foi tomada para diminuir tensões, em função de algumas anormalidades que vinham ocorrendo entre esses detentos, identificados como mais ativos no sentido de promover ações fora dos estabelecimentos penais. Por isso, resolvemos nos antecipar”, afirmou Vasquez.