O motociclista Sidnei Soares de Matos, 46 anos, morreu depois que a Yamaha YBR 125 que ele pilotava foi atingida na traseira por um caminhão, no quilômetro 144 da Rodovia do Xisto (BR-476), na pista sentido Araucária, Tatuquara.

Chovia leve no momento do acidente, por volta das 21h30. O motorista fugiu sem prestar socorro, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O inspetor Storrer, que atendeu o acidente, acredita que o veículo atropelador era um Scania, já que o pára-choque de uma carreta da mesma marca ficou caído no acostamento.

Quando a equipe da PRF chegou ao local, encontrou um saco plástico com pães em cima da motocicleta, que perdeu a placa na colisão. “Pelo estado em que ficou a moto, provavelmente o veículo bateu na traseira”, avaliou o inspetor.