Oito pessoas – cinco mulheres e três crianças – foram atropeladas pelo Corsa placa AIX-0576, em um ponto de ônibus, na Rua Capitão Leonidas Marques, atrás da fábrica da Coca-Cola, no Uberaba, às 17h de ontem. Teirina Aparecida Bazaglia, 39 anos, morreu na hora e outras duas mulheres ficaram gravemente feridas. Uma delas foi levada de helicóptero até o Hospital Angelina Caron. Os demais feridos para hospitais em Curitiba. O motorista do Corsa fugiu a pé.

De acordo com uma moradora da região, que passava pelo local, o carro entrou na avenida em alta velocidade, bateu em um poste e foi em direção ao ponto de ônibus. “Eu estava com meus filhos e ficamos muito assustados. Na hora eu corri para o ponto, todos estavam caídos e as crianças gritando de dor”, contou a mulher, que não quis se identificar. Segundo ela, o motorista, um rapaz de aproximadamente 18 anos, saiu do carro e fugiu a pé. “Ele nem tentou saber como as pessoas estavam, saiu correndo. Eu parei os carros que estavam passando e algumas pessoas me ajudaram a atender os feridos e pedir socorro”, disse ela, ainda trêmula com o susto e indignada com a atitude do jovem motorista.

Anderson Tozato
O carro destruído dá idéia da velocidade com que bateu.

Bebida

O ponto do ônibus – uma cobertura de concreto – ficou parcialmente destruído. Alguns biscoitos amassados e brinquedos quebrados ficaram pelo chão. “Uma mulher que estava com um bebê no colo não foi atingida, e as outras crianças, de aproximadamente 10 e 11 anos, sofreram ferimentos leves”, completou a testemunha.

Enquanto policiais isolavam o local e controlavam o trânsito, um homem de motocicleta chegou assustado, dizendo que sua filha era namorada do motorista. “Achei que ela estava com ele no carro. Eles passaram o dia no autódromo, bebendo com os amigos”, contou. Ele disse que o rapaz havia tirado a carteira de habilitação há pouco mais de 30 dias. “Alertei ele para não dirigir, pois estava alcoolizado, também pedi para minha filha para não ir embora com ele”, contou o homem.

Informação confirmada pela polícia no final da noite de ontem deu conta de que o rapaz estava detido e seria autuado em flagrante pela Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).

Tragédia repetida

No dia 25 último, um caso semelhante aconteceu em um ponto da Rua Alberto Twardowski, em frente à sede da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), no Jardim Botânico. Cinco pessoas que esperavam ônibus foram atropeladas por um carro desgovernado. As vítimas, entre elas uma criança de 3 anos, foram encaminhadas a hospitais de Curitiba, assim como o motorista do veículo, que também se feriu.