Um procurado pela Justiça foi preso em um posto de saúde, quando acompanhava a namorada adolescente, que teria abortado momentos antes, no banheiro do terminal do Pinheirinho. Alex Sandro de Matos, 27 anos, tinha mandado de prisão em aberto por roubo e foi diretamente ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul).

Investigadores da Delegacia de Homicídios foram acionados por volta das 18h, para atender à ocorrência de feto encontrado no vaso sanitário. Segundo a polícia, a perícia constatou apenas restos de placenta na privada e muito sangue na parede. A perita Joice Malakoski supõe que, provavelmente, foi dada descarga após o aborto. Não se sabe se ele foi provocado ou não. O delegado Rubens Recalcatti, da DH, aguarda a recuperação da jovem para ouvi-la.

Os policiais atendiam a ocorrência no terminal, quando receberam a informação que uma garota, de 15 anos, havia dado entrada na unidade de saúde, com cólicas e sangramento. Desconfiados das reclamações do namorado dela, a polícia conferiu o nome dele e descobriu que Alex era procurado por roubo.