O corpo de uma mulher, aparentando 25 anos, morta por estrangulamento, foi encontrado por populares no início da manhã deste domingo (30), em um terreno baldio, onde há vários carros abandonados, entre as ruas São Valério e Nelson Rieke, na Vila Sabará, Cidade Industrial de Curitiba.

Ela não portava documentos e estava com o corpo nu da cintura para baixo. Foi encontrada de bruços e segundo policiais militares do 23.º Batalhão, nas costas dela havia marcas de faca formando a sigla “PCC”. No braço esquerdo, tinha a palavra “Corinthians” tatuada.

Segundo a Polícia Civil, é possível que a vítima tenha sofrido violência sexual. “Pelo fato de estar seminua, existe essa possibilidade, mas só os exames no Instituto Médico-Legal poderão comprovar”, explicou o delegado Dirceu Schactae, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O delegado ressaltou a importância da ajuda da população para identificar a vítima, já que os moradores da região que viram o corpo disseram não conhecê-la. “Vamos investigar se ela foi morta aqui ou apenas desovada”, comentou Dirceu.

Ponto

Alguns vizinhos do terreno baldio procuraram a reportagem do Paraná Online e disseram que o local é ponto de tráfico e consumo de drogas, além de reunir prostitutas no período da noite.

“Nem bem anoitece, eles começam a chegar. Tem gente usando droga, fazendo programa, som alto. Esse lugar sempre da problema. Nesta noite, curiosamente, não teve baderna, mas de manhã o pessoal encontrou o corpo da mulher”, contou uma comerciante que vive a uma quadra do terreno e pediu para não ter o nome divulgado.

Outros vizinhos disseram ter visto um carro chegando ao terreno, no meio da madrugada. Conforme o relato deles, o veículo permaneceu no local por alguns minutos e em seguida foi embora.