O nervosismo de um rapaz levou a equipe da Guarda Municipal de São José dos Pinhais a prendê-lo e a mais um casal, por envolvimento no roubo de um carro, na noite de segunda-feira. O veículo estava “guardado” no estacionamento de um condomínio e foi devolvido ao proprietário.

Os guardas patrulhavam o Quississana e abordaram um rapaz, parado com a Parati placa AKN-6218, na Rua Eliza Simeon Mereteck. Muito nervoso, Jonas Cano, 20 anos, disse que esperava a namorada, mas depois afirmou que aguardava a chegada do seu irmão. A equipe pediu que ele ligasse para o irmão e Jonas confessou que dava apoio a dois colegas no roubo de um Scénic.

Enquanto os guardas conversavam com Jonas, ele recebeu uma ligação de Jone dos Santos, também de 20 anos, informando que o veículo estava em um condomínio da Rua Annelise Gellart Krigsner, Vila Iná, bairro Afonso Pena, para que não fosse localizado pela polícia. Ele pediu para que o amigo o buscasse naquele local.

A equipe foi junto e prendeu Jone, com um revólver calibre 22 com a numeração lixada. Ele foi reconhecido pela vítima do roubo e o comparsa não foi localizado.