Uma ossada humana foi encontrada, na manhã de ontem, por um casal que recolhia lenha em um matagal, na região da Colônia Prado, Almirante Tamandaré. Os ossos estavam espalhados em um carreiro, a cerca de 150 metros da Rua José Real Prado, no bairro Novo Horizonte.

?A ossada está bem seca, não há mais fios de cabelo?, comentou o soldado Jean Paulo, do 17.º Batalhão da Polícia Militar. Já o perito Albino, do Instituto de Criminalística, preferiu não arriscar a data da morte da pessoa, cujo sexo e idade não foi possível constatar no local. ?Somente exames mais detalhados no Instituto Médico-Legal poderão nos dar alguma pista?, disse. Em volta dos ossos, havia uma bermuda e uma bota, mas o perito não confirmou se os objetos tinham relação com a ossada.

Os ossos foram recolhidos ao IML, onde, caso haja reclamação de desaparecimento, poderão ser comparados para eventual identificação.