Policiais do núcleo de Maringá da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), juntamente com policiais militares do Pelotão de Choque e Canil do 4.º Batalhão de Maringá, finalizaram na madrugada desta sexta-feira (9), mais uma etapa da Operação Liberdade, que investigava quadrilhas especializadas em tráfico de drogas, nas cidades de Maringá, Paissandu e Sarandi.

Durante as investigações que, duraram três meses, foram presas dez pessoas, apreendidos vários tipos de drogas, como maconha, cocaína e crack, além de armas de fogo e celulares que eram utilizados pelos traficantes. Veículos e dinheiro também foram recuperados.

Foram presos nesta sexta: Tatiane Gonçalves Marques, 25 anos; Carlos Augusto Timóteo, 25 anos; Sergio Amâncio, 49 anos; Cleide de Souza Ângelo, 36; Jeane Jaqueline Morangueira, 25 anos.

Durante a investigação já haviam sido capturados Vagner Cassiano dos Santos; Marlene Ribeiro da Silva; Daniel dos Santos da Silva; Marcos Gomes e Diego Cervantes.

A articulação criminosa funcionava a partir do recebimento da droga que vinha das cidades de Guairá e Foz do Iguaçu e era distribuída na Região Metropolitana de Maringá.

Cerca de 40 policiais civis e militares e 15 viaturas foram utilizadas na operação que resultou no cumprimento de doze mandados de prisão e de busca e apreensão. As investigações continuam a fim de identificar outros envolvidos no tráfico.