Os assaltos praticados por duplas de motoqueiros continuam acontecendo em Curitiba e assustando a população. Desta vez, a vítima foi uma gerente de vendas, de 30 anos, que foi abordada na manhã da última segunda-feira, na Avenida Visconde de Guarapuava, quase esquina com Rua Dr. Faivre. Ela transportava um malote contendo R$ 23 mil.

A vítima se encaminhava ao banco para realizar o depósito quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta. Os ladrões armados deram voz de assalto e levaram toda a quantia. Não foi possível informar à polícia características dos assaltantes pois eles estavam usando capacetes. A placa da motocicleta também não foi anotada.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Furtos e Roubos (DFR). O delegado Edson Costa, que investiga o caso, informou que a rotina das vítimas, sempre carregando dinheiro nos mesmos dias e horários, contribuiu para a ação de assaltantes. "Os bandidos estão de olho, monitorando as agências bancárias à espera de vítimas", afirma o policial. Normalmente, os motoqueiros recebem informações de olheiros que estão nos bancos acompanhando a movimentação de clientes que entram e saem com altas quantias em dinheiro.