Na quinta-feira (13), uma operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal, 22º Batalhão de Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal de Campina Grande do Sul, resultou na apreensão de 3 armas longas calibre 28, 1 garruncha, 40 mercadorias com indício de roubo, duas motosserras sem a licença ambiental do Ibama e 20 vidros de palmito produzidos de forma ilegal.

A mercadoria estava com o dono de um bar clandestino, localizado às margens da BR-116, que foi preso no local. A operação teve como objetivo o patrulhamento ostensivo nos postos de gasolina da região, para apurar a prática de exploração sexual de crianças e adolescentes, tráfico de drogas e combate ao roubo de carga.

O detido, de 57 anos, foi encontrado com a ajuda do Disque-Denúncia, que indicou o local do estabelecimento supostamente utilizado como ponto de encontro de assaltantes de carga e de exploração sexual. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Campina Grande do Sul.

Graças ao Disque-Denúncia da PRF, 17 pessoas já foram presas pelo envolvimento em roubo, receptação ou saque de carga, neste ano. Também foram apreendidas sete armas de fogo, recuperados cerca de 5 milhões de reais em mercadorias roubadas e diversos veículos com registro de furto/roubo foram devolvidos aos seus donos.

Tudo isso vem favorecendo uma maior integração entre os órgãos de segurança pública e o judiciário. A população pode continuar a fazer denúncias através do telefone: (41)3676-1602 ou pelo e-mail: prf.denuncie@dprf.gov.br. O serviço funciona 24h/dia e a PRF garante o anonimato.