Policiais do Grupo de Diligências Especiais (GDE) da 6ª Subdivisão Policial (6ª SDP) de Foz do Iguaçu, realizaram na tarde de quinta-feira (15) a Operação Fronteira. O objetivo, segundo o delegado chefe da 6ª SDP, Alexandre Macorin, foi identificar oficinas clandestinas que funcionam como desmanche de veículos na fronteira do Paraná com o Paraguai.

Participaram da operação dez policiais do GDE, três viaturas e três policiais do setor de inteligência da polícia do Paraguai. Foram utilizados equipamentos de informática para realizar pesquisas nos veículos paraguaios encontrados. “Temos informações de que veículos roubados no país vizinho são trazidos para Foz do Iguaçu”, afirmou o delegado.

Foram fiscalizadas 20 oficinas mecânicas e desmanches e nenhuma irregularidade foi encontrada. “Essa fiscalização prevê a identificação de locais que estejam funcionando de maneira irregular, ou seja, sem alvará de licença e sem o recolhimento das taxas que ajudam a compor o Funrespol”, completou Macorin.