Quatro brasileiros e três paraguaios foram presos na Operação Sentinela na tarde desta quinta-feira (11) na Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu. Os detidos, com idades entre 19 e 46 anos, são acusados de cometer os crimes de contrabando, tráfico internacional de entorpecentes e tráfico internacional de munições.

As prisões foram realizadas na tarde de ontem, quando policiais faziam fiscalização de rotina intensificada. Eles suspeitaram de um veículo Citroen C4 Pallas, com placas de Valinhos/SP. O motorista foi abordado e dentro do carro foram encontrados vários tabletes de cocaína que somaram 33 Kg e dois tabletes de crack, que pesaram 2 kg. O condutor do veículo, um homem com 29 anos, foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal, acusado de cometer o crime de tráfico internacional de entorpecentes.

Ainda na Ponte Internacional da Amizade, foi detido um homem com 27 anos, acusado de tráfico internacional de munição. Ele transportava ilegalmente 550 munições, sendo 500 de calibre 380 e 50 de calibre 38.

Por volta das 16h, na região do Porto Meira, policiais realizavam fiscalização de combate ao contrabando e descaminho pelo Rio Paraná, quando avistaram uma embarcação que deixava a margem paraguaia do rio e se dirigia para a margem brasileira carregada com produtos eletrônicos. Três homens se encontravam dentro da embarcação e dois esperavam do lado brasileiro para ajudar a descarregar o material ilícito. Os cinco homens com idades entre 19 e 46 anos foram presos.

Todos os detidos, juntamente com a cocaína, o crack, e as munições foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu para os procedimentos legais. O veículo Citroen C4 Pallas, a embarcação e as mercadorias foram levadas à Receita Federal em Foz do Iguaçu.