Ladrões de carros
retirados de circulação.

As operações realizadas na última semana pela Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos resultou na apreensão de diversos carros e na prisão de sete pessoas. Segundo o delegado Itiro Hashitani, titular da delegacia especializada, os policiais estão investindo em três operações distintas – "Barreira", "Ronda" e "Caça Picaretas" – para coibir o furto e o roubo de carros na capital.

Segundo o delegado, durante as barreiras os policiais bloqueiam parcialmente a passagem dos veículos, fazendo uma vistoria nos quais consideram suspeitos. Durante essas operações, foram apreendidos dois carros e quatro motocicletas com alerta de furto. Um menor foi preso e encaminhado à Delegacia do Adolescente.

Já na operação "Ronda", quatro viaturas policiais circulam por um determinado bairro, partindo de dois pontos distintos. As abordagens ocorrem durante os patrulhamentos pelas ruas. No último dia 15, durante uma fiscalização, os policiais detiveram Luís Cunha. Ele estava sendo procurado por assalto e respondendo por homicídio e receptação de veículo furtado, no interior de São Paulo.

Por fim, durante a "Caça Picaretas", onde os investigadores vistoriam veículos vendidos em feirões, 11 carros com chassis adulterados foram apreendidos. Quatro deles estavam à venda em uma feira no Boqueirão e outros sete no município do Alto Maracanã.

Presos

As operações desencadeadas entre os dias 10 e 18, também resultaram em prisões. No último sábado os policiais detiveram Alexandro Borges e Núbia Valquíria Gomes, que estavam com um Clio, usado durante um assalto a um ônibus de turismo no dia anterior. O veículo havia sido roubado no último dia 13, na Avenida Marechal Floriano Peixoto, Boqueirão. Um veículo Golf, usado no mesmo assalto, também foi encontrado. Ele estava com as placas clonadas.

Na madrugada de segunda-feira, Gustavo Ferreira Lourenço e Everton Alexandre Guedes Ferreira foram presos em flagrante, quando tentavam assaltar duas pessoas no bairro Água Verde, com uma pistola de plástico. Eles ocupavam uma moto, que ainda está sendo averiguada. Na mesma madrugada, Júlio César Fernandes Szychta foi detido ao ser abordado com um veículo Astra, roubado no dia 13 de abril. O carro havia sido levado por dois homens que ocupavam uma moto vermelha, cuja a documentação foi encontrada com Júlio. Aramis de Oliveira Santiago Júnior, conhecido por "Panda" também foi preso, apontado como o receptador do Astra. "Estamos realizando estas operações todas as semanas, no intuito de diminuir a cada dia esses crimes", finalizou Hashitani.