Antônio Moreira de Rosa, de 65 anos, foi assassinado na tarde deste domingo (09) enquanto esperava em frente de sua casa o corpo do filho para o velório. Segundo testemunhas, um homem que estava a pé foi o responsável pelo crime.

Apesar de muitas pessoas estarem ao lado de Antônio, somente ele foi alvejado. O atirador ‘saiu de boa’ e não tentou se esconder. A polícia acredita que as mortes de pai e filho estejam relacionadas.

Bar do bigode

O filho de Antônio, Agnaldo José Moreira Rosa, de 27 anos, foi executado nesta madrugada no Bar do Bigode, em Campina Grande do Sul. Segundo as primeiras informações, levantadas pela Polícia Militar, o rapaz estava com algumas pessoas no bar, quando o assassino chegou acompanhado de um homem, em um Gol branco.

Com informações da repórter Carolina Gabardo Belo.