Após 22 dias sem um secretário de segurança oficial, nesta segunda-feira (10) o governador Beto Richa (PSDB) nomeou o oftalmologista e médico legista Leon Grupenmacher para o cargo. O anúncio aconteceu via a rede social, onde Richa também informou que Leon, diretor-geral da Polícia Científica, assume o cargo nesta terça-feira (11). Segundo a assessoria do governador, não haverá cerimônia de posse e Leon começa a trabalhar logo após o decreto de nomeação ser assinado.

Desde 18 de fevereiro, quando o ex-chefe da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), o procurador de justiça Cid Vasques deixou o cargo, a vaga ficou ocupada indiretamente pelo chefe de gabinete Walter Gonçalves. Durante este período, Richa chegou a nomear o delegado da Polícia Federal José Alberto de Freitas Iegas para a cadeira mais alta da Sesp, entretanto o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo não liberou a saída de Iegas de seu cargo em Brasília.

Depois de alguns dias de incerteza, nesta segunda-feira a chefia de uma das pastas de maior importância para o estado foi definida. Leon é médico concursado do Estado desde 1997. Ele é formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com residência médica no Instituto Hilton Rocha, e fez mestrado pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), onde atua como professor.

De acordo com a assessoria do governador, o fato de Leon estar à frente do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico-Legal (IML), instituições inseridas no contexto da Sesp, o credencia para assumir a chefia da secretaria. Também informou que o novo secretário não deverá se pronunciar oficialmente antes da posse.

Fazenda

O governador também anunciou a saída de Jozélia Nogueira da chefia da Secretaria da Fazenda. Segundo o informe do governo, a procuradora pediu afastamento do cargo por motivos pessoais. Quem entrou no lugar dela foi Luiz Eduardo Sebastiani, que assume na próxima sexta-feira (14). Sebastiani era diretor financeiro da Copel e já foi secretário da Administração e Previdência e da Casa Civil do Estado entre 2011 e 2012.