Três pessoas que foram presas na Operação Pintando o Sette, deflagrada em maio de 2011, foram condenados nesta sexta-feira. R.D.V pegou 10 anos e 2 meses de reclusão e multa de aproximadamente R$ 92 mil. Já R.F.S foi condenado a 10 anos e 2 meses de reclusão e multa de aproximadamente R$ 66 mil. P.R pegou 5 anos e multa de R$ 66 mil.

Eles foram condenados pela divulgação de material de conteúdo pornográfico infanto-juvenil e pela produção de material de mesma natureza.

Relembre o caso

A PF em Curitiba deflagrou, no dia 16 de maio de 2011, por meio do seu Núcleo de Repressão aos Crimes Cibernéticos a Operação “Pintando o Sette”, que resultou na prisão de dois indivíduos por práticas relacionadas à pornografia infanto-juvenil.

Os alvos da operação estavam sendo investigados pela Polícia Federal em Curitiba desde o início de 2010 pela suposta prática de produção, divulgação e posse de material de conteúdo pornográfico infanto-juvenil, com fortes suspeitas de efetivo abuso de vulneráveis (crianças/adolescentes).

Durante as investigações foram identificados alvos em João Pessoa/PB e em Florianópolis/SC, os quais tiveram prisão temporária decretada pela Justiça Federal, desta Capital.

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Em uma das diligências policiais um dos alvos foi flagrado transmitindo pela Internet farto material de conteúdo pornográfico infanto-juvenil, fato que resultou em sua prisão em flagrante.