Por 6 votos a 1, o pedreiro Antônio Machado Filho, 27 anos, foi condenado a 4 anos em regime aberto, ontem, no Tribunal do Júri de Campina Grande do Sul. Ele foi julgado pelo assassinato de João Sebastião da Silva, 44 anos, que aconteceu no dia 12 de janeiro deste ano. O corpo de jurados se convenceu da tese do advogado Matheus Gabriel Rodrigues de Almeida, que alegou que Antônio agiu sob violenta emoção.