Pedreiro de 21 anos
leva balaço nas costas.

Com um tiro nas costas, o ajudante de pedreiro Cristian Schutz, 21 anos, foi executado às 4h da madrugada de ontem, na Rua Betonex, no Jardim Holandês, em Piraquara. O rapaz morava no bairro com os pais e saiu para ir a uma festa. No retorno para casa, encontrou com os assassinos.

O superintendente Dionísio Soccol, da DP local, acredita que o rapaz se desentendeu com algum dos convidados, que acabou tirando sua vida. "Conversei com o pai do rapaz, que me informou que o Cristian gostava muito de beber. Provavelmente bebeu de mais e arrumou confusão", suspeita o policial. "Segundo a família, o rapaz não era viciado em drogas e trabalhava com o pai", disse Soccol.

No início da semana os convidados da festa serão ouvidos, para apurar o que realmente aconteceu e em que circunstâncias o jovem foi assassinado.