A cabine do Scania ficou
completamente deestruída.

Nílton Schuller, 64 anos, não freou a tempo e bateu forte na traseira de um caminhão parado num engarrafamento. O impacto tirou sua vida às 7h15 de ontem, no quilômetro 59 da BR-116, perto do acesso à Estrada da Graciosa, em Campina Grande do Sul.

A vítima dirigia o caminhão Mercedes-Benz 1620, placa MES-1620, de Alfredo Wagner (SC). Outros motoristas tentaram resgatá-lo, mas Nílton estava preso nas ferragens e morreu antes da chegada do socorro médico. Ele atingiu a traseira da Scania 1113 placa BWS-7280, de Francisco Beltrão (PR), conduzido Valmir Polador, 36 anos.

A Scania era o último veículo de uma fila formada na pista sentido São Paul a Curitiba por causa de dois acidentes sem gravidade ocorridos alguns metros adiante. A chuva que caía no momento contribuiu para o acidente.