Luciana caiu sem vida ao
lado do Gol crivado de balas.

Um carro crivado de balas, uma mulher morta e um homem gravemente ferido foi o saldo de uma misteriosa perseguição que aconteceu no final da tarde de ontem, na CIC. O tiroteio aconteceu na Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira, quando os ocupantes de um Vectra atiraram contra o Gol placa AIW-0382, de Curitiba, e depois fugiram em alta velocidade.

Através de um telefonema anônimo, os policiais do 12.º Batalhão chegaram até a avenida, no trecho situado próximo a Indústria Gerdau. O crime ocorreu por volta das 18h20. Os policiais encontraram o Gol crivado de balas e os bancos manchados de sangue. O corpo de uma mulher, identificada apenas como Luciana, estava estirado ao lado do carro. Segundo os policiais, Luciana foi morta com pelo menos seis tiros, sendo atingida dentro do veículo e fora dele. Um homem identificado como Marcos, que estaria conduzindo o carro, também ficou gravemente ferido. Ele foi levado por socorristas do Siate ao Hospital Evangélico.

O tiroteio aconteceu na mesma avenida, quando um veículo Vectra emparelhou com o Gol e os ocupantes começaram a atirar. Marcos teria perdido a direção e os assassinos, depois de efetuarem os disparos, dado a volta na rua e fugido em alta velocidade, no sentido a Ponta Grossa. Pelas marcas de bala deixadas no veículo os policiais acreditam que os assassinos usaram pistolas calibre 380 e 9 milímetros.