O Departamento de Policia Federal por meio de sua Delegacia em Londrina deflagrou na manhã desta terça-feira (12), após quatro meses de investigações, a Operação Urutau (espécie de pássaro noturno), destinada a desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas entre a fronteira com o Paraguai e Bolívia e a região Sudeste do Brasil.

As investigações, que tiveram início no mês de março de 2014, quando foi identificado um grupo de pessoas residentes na cidade de Umuarama, que estaria utilizando vários ônibus e caminhões para transportar em “fundos falsos”, grandes remessas de maconha enviadas do Mato Grosso do Sul e grandes remessas de cocaína enviadas de Rondônia para os Estado de São Paulo e Rio de Janeiro.

Com o avanço das investigações, foi identificada uma ampla rede internacional de tráfico de drogas, operando a partir de Umuarama, dedicada a adquirir grandes quantidades de maconha, cocaína, munições e armas de fogo e colocá-las em território brasileiro pela fronteira do Paraguai com o Estado do Mato Grosso do Sul e da Bolívia com o Estado de Rondônia, enviando as drogas e outros ilícitos para os grandes centros consumidores, em especial na região do sudeste brasileiro (SP e RJ).

Durantes os quatro meses de investigações, foram efetuadas sete prisões em flagrante em quatro municípios de dois Estados (MS e SP) e apreendida uma grande quantidade de drogas, armas, munições e veículos. Ao todo, foram 3.279 quilos de maconha; 401 quilos de cocaína; oito quilos de haxixe; 321 munições; uma carabina; uma pistola e cinco veículos (um automóvel, dois caminhões e dois ônibus).

Com essa ação o Departamento de Polícia Federal espera ter desarticulado uma organização criminosa responsável pela internação de toneladas de drogas em território brasileiro, demonstrando o esforço diuturno no combate ao flagelo do tráfico de drogas e na proteção das nossas fronteiras, trazendo mais segurança aos nossos cidadãos.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook