José Solera, morto perto de casa.

José Carlos Solera, 33 anos, pintor de residências e automóveis, foi morto a poucos metros de casa. Atingido com vários tiros, ele caiu sem vida na Rua Marginal do canal Belém, área de invasão Meia Lua, Boqueirão, aos 35 minutos da madrugada de ontem.

Parentes da vítima ouviram os tiros, mas só souberam que José Carlos estava morto quando conhecidos bateram à porta, avisando. Uma sobrinha dele acionou a Polícia Militar.

No local da morte, investigadores da Delegacia de Homicídios não conseguiram descobrir em que circunstâncias ocorreu o assassinato. Mas obtiveram o apelido de dois suspeitos, que, segundo uma testemunha, têm mandados de prisão e já estiveram detidos no 7.º Distrito Policial (Vila Hauer). O informante não soube dizer onde moram os acusados nem as causas do crime.