Policiais militares do 19.º Batalhão de Polícia Militar apreenderam 1.914 quilos de maconha, na região oeste do Paraná. A droga estava em uma Kombi, que circulava no município de Entre Rios do Oeste (PR), próximo a Toledo.

A carga estava dividida em 69 fardos, cada um com aproximadamente 30 quilos de maconha, e foi encontrada graças a denúncias dos moradores da região. O soldado Eduardo Zoldir Barazetti, auxiliar de Relações Públicas do 19.º BPM, conta que os moradores acionaram a PM, pois havia um veículo parado, em atitude suspeita, e certa movimentação de pessoas ao redor. Além disso, o que chamou atenção dos moradores foi o latido dos cachorros.

Ao chegar ao local, os PMs notaram que o veículo já estava de saída. Foi dada ordem de parada ao motorista do veículo, porém ele aumentou a velocidade. “O motorista tentou fugir, mas, como a Kombi não é um veículo estável, ele acabou perdendo o controle e colidiu contra um barranco de terra”, disse Barazetti. Após a colisão, o motorista correu para um milharal e não foi encontrado.

A respeito do destino que seria dado às drogas, Barazetti explica que “essa carga não ia longe, pois ela estava acima da capacidade do veículo. Provavelmente o motorista estava apenas tirando as drogas da beira do lago”. De acordo com ele, a Kombi é um veículo utilizado para baldeações curtas e provavelmente o carregamento seria transportado por um caminhão para chegar aos grandes centros.

Segundo Brazetti, ocorrências como esta são comuns na região de Entre Rios. “Acreditamos que a carga tenha sido carregada de algum porto clandestino em Entre Rios. É comum a existência de portos clandestinos na área, o que torna o policiamento muito difícil e facilita o acesso dos contrabandistas”.

A carga encontrada, que chegava a quase duas toneladas de maconha, foi encaminhada pelos policiais, com a ajuda de um guincho, até a delegacia de Marechal Cândido Rondon.