A população de Guaratuba corre o sério risco de ficar sem atendimento nas ocorrências policiais da cidade. É que desde a última segunda-feira a Polícia Militar da cidade está desfalcada das duas viaturas de serviço. Segundo informações do pessoal do posto policial, um dos carros está bastante desgastado e sempre que volta do conserto, torna a estragar. O outro, de uma frota nova, está com problema na embreagem e fora de combate desde o início da semana.

Sem poder contar com os veículos oficiais, os quatro policiais que se revezam no serviço da Polícia Militar acabam utilizando seus veículos particulares, com o combustível tirado do próprio bolso, para atender as ocorrências mais graves. As mais simples, se não podem ser atendidas a pé, acabam sem assistência. Na noite de sexta-feira, por exemplo, foi informado que uma ocorrência não pôde ser atendida por falta de transporte para os policiais.

Quem responde pela Polícia Militar de Guaratuba é o 9.º Batalhão da Polícia Militar, em Paranaguá, que segundo os policias militares, já foi informado do problema. Entretanto, o comandante da unidade, major Moliene, não estava de serviço ontem. O oficial de dia do batalhão de Paranaguá informou que, pelo menos em Paranaguá, as viaturas estão funcionando normalmente.