A Polícia Militar prendeu na terça (31) e nesta quarta-feira (1.º) em Ponta Grossa, região dos campos gerais, quatro pessoas acusadas de fazer parte da chamada “gangue da dinamite”. O grupo é suspeito de ter explodido um caixa eletrônico na cidade ontem, em um posto de combustíveis próximo dos edifícios da Prefeitura e da Câmara Municipal.

Com eles, a polícia encontrou armas, explosivos, rádio, munições, dois veículos e R$ 42,3 mil em dinheiro. Os trabalhos para encontrar envolvidos na “gangue da dinamite” prosseguem hoje. As prisões e apreensões ocorreram na vila Shangrilá, em Ponta Grossa.