Quatro armas de fogo, possivelmente utilizadas por quadrilhas de assaltantes a sacoleiros, foram apreendidas quinta-feira (18), por policiais civis do GDE (Grupo de Diligencias Especiais). As armas foram localizadas em um milharal no bairro Jaqueline, em Foz do Iguaçu, depois que a polícia recebeu informações através do disque-denúncia 197.

“Há três dias estamos fazendo operações nos bairros para elucidar e coibir os recentes roubos a sacoleiros. Essas armas devem ter sido escondidas por uma dessas quadrilhas”, explicou o delegado operacional Luís Rogério Ramos Sodré, da 6.ª Subdivisão de Polícia.

A polícia acredita que os roubos eram feitos por várias quadrilhas, que agiam nas estradas rurais da cidade. “Como os sacoleiros também estão em atividade ilegal, temos dificuldade para investigar, já que poucos apresentam denúncia formal”, contou Sodré.

As armas apreendidas foram três revólveres, de calibres 32, 38 e 44, e um fuzil rústico, de repetição. O GDE vai continuar as operações nos próximos dias, com objetivo de desarmar os criminosos e prender os assaltantes.

Tráfico

Ainda na quinta-feira (18), durante as operações, os policiais receberam denúncia de tráfico no bairro Goiguaçu. Um adolescente, de 17 anos, foi preso em sua residência, com 25 gramas de cocaína e uma balança de precisão. Na casa, também foram apreendidos telefones celulares e um Omega, furtado em fevereiro.

“Ele negou qualquer crime, morava sozinho e também não apresentou qualquer justificativa para a droga e o carro estarem na sua casa”, contou Sodré. O adolescente não tinha nenhuma passagem anterior na polícia.