O Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol) está convocado os policiais para participarem da sessão no plenarinho da Assembléia Legislativa, hoje, às 13h30. Eles pedem encaminhamento da mensagem aos deputados para que seja concedido reajuste à categoria, para suspenderem o estado de greve.

Porém, em nota oficial, a Secretaria da Segurança Pública não dá muita esperança que o impasse se resolva nesta sessão. Na nota, consta que o estudo para o aumento salarial está sendo elaborado pela Secretaria da Administração e Previdência.

"A proposta será entregue o mais breve para análise do governador Roberto Requião, que determinou empenho de todas as equipes de trabalho envolvidas com o tema", diz a nota. E completa: "Como o governo do Paraná está em constante negociação com as lideranças policiais, não reconhece o anunciado estado de greve, que é justificável apenas quando não há conversação ou quando as negociações foram encerradas sem acordo, o que de maneira alguma se aplica a este caso".