Policiais da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas, com o apoio do Departamento Estadual de Narcóticos, apreenderam nesta quinta-feira (28) em uma distribuidora de produtos eletroeletrônicos de Maringá uma carga de remédios controlados. Foram presos os sócios João Marcos Marian e Marcelo Elon Wisniewski. “Esta carga de remédios não podia estar no local. Como sua distribuição e uso é regulamentado pela Anvisa, é necessário uma autorização especial para circulação e venda do produto. Sem estes procedimentos fica considerado o tráfico de entorpecentes”, explicou o delegado Cemezinski.

As mercadorias apreendidas estão avaliados em mais de R$ 1 milhão. Segundo a polícia, parte dos produtos foi roubada de empresas localizadas em Joinvile (SC) e Itaquaquecetuba (SP). Os donos do depósito foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e receptação de mercadorias.

As investigações começaram há quatro meses, depois que várias denúncias de roubo de cargas chegaram à delegacia. Os policiais levantou informações sobre as atividades da Top Comércio e Distribuição. Com as suspeitas, o delegado Cemezinski requereu à Justiça mandado de busca e apreensão na sede da empresa em Maringá.

Na manhã desta quinta-feira (28) os policiais foram até o local na Vila Operária e localizaram no depósito uma grande quantidade de produtos eletrônicos, informática, alimentos e mais de mil caixas com remédios de tarja preta, sem procedência definida. A investigação agora tem o objetivo de identificar a origem dos remédios controlados e dos produtos apreendidos no local, além dos receptadores.