Uma quadrilha acusada de praticar três assaltos a residências de empresários em Toledo, no oeste do Paraná, foi presa na noite de segunda-feira, por policiais Civis da 20.ª Subdivisão Policial de Toledo. Alceu Morais, o ?Barraquinha?, de 31 anos, Rosimeri Souza de Lima, 29, e Carlos Alexandre dos Santos Ribeiro, 22, foram presos na Avenida das Indústrias, na Vila Pioneiro, em Toledo. Com eles, a polícia apreendeu um revólver calibre 38, uma pistola 9 mm, capuzes, celulares e objetos tomados em assalto pela quadrilha.

Segundo o delegado chefe da 20.ª SDP de Toledo, Alexandre Macorin, o Núcleo de Inteligência da polícia estava investigando a quadrilha há várias semanas. ?Após identificados, a Justiça decretou o mandado de prisão dos acusados e, então, partimos para prendê-los?, contou. Macorin disse também que a quadrilha foi presa enquanto trafegava num veículo que pertencia a Rosimeri.

De acordo com a polícia, um assalto aconteceu em fevereiro e os outros dois em março deste ano. ?A quadrilha agia sempre da mesma forma. Eles aguardavam as empregadas chegarem nas residências e desarmavam os alarmes para invadir as casas?, destacou Macorin.

O delegado informou que o objetivo da quadrilha era roubar objetos de alto valor. ?Eles buscavam jóias e dinheiro na casa das vítimas. As jóias eram revendidas a um comerciante de jóias, em Cascavel. A polícia investiga se as mesmas era derretidas para depois serem comercializadas?, disse.