A Polícia Militar, através da 1.ª Companhia da cidade de Guairaçá, identificou nesta semana, em Paranavaí, um esquema de vendas de carteira de habilitação falsificada. Segundo apurou a polícia local, as fraudes vinham sendo feitas há alguns meses.

Um homem de 30 anos foi detido com uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa e declarou ter pago R$ 950,00 pelo documento. Ao ser detido, disse que havia sido reprovado várias vezes no teste do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) e que, por isso, resolveu comprar a carteira. O homem foi levado para a delegacia de Terra Rica, onde foi autuado.

De acordo com as denúncias, outras pessoas do município também teriam adquirido o documento falso. Depois da primeira prisão, pelo menos mais 10 moradores da região já teriam destruído os documentos temendo ser detidos.

Todos os envolvidos na fraude foram identificados, inclusive duas pessoas que residem em Maringá, noroeste do Estado, e que são apontadas como os principais integrantes do esquema. Os dois seriam responsáveis pela falsificação e contavam com um intermediário no município para coletar os dados dos compradores e pegar o dinheiro.