Reprodução
Polícia procura maníaco.

O retrato falado do suspeito de estuprar uma garotinha de 9 anos, no final de junho, foi divulgado pela Delegacia da Mulher e do Adolescente de São José dos Pinhais. O retrato foi feito com a ajuda da vítima, que descreveu o maníaco como aparentando 30 anos, de 1,75 metro, pele clara, olhos castanho-claros e cabelos castanhos escuros-curtos.

A garotinha saiu de casa às 10h e foi até a padaria, a duas quadras de sua casa, no bairro São Domingos. No retorno, foi abordada pelo tarado, que pediu a sua ajuda para medir um muro. Quando a menina se aproximou, foi puxada para dentro de uma casa, onde não há portão e o muro é alto. O maníaco levou a garotinha até uma escada em forma de carol, onde cometeu a violência durante 20 minutos.

Preocupada com a demora de filha, a mãe da menina saiu à procura da filha, mas deparou-se com a criança no portão, sangrando. Imediatamente, levou-a ao pronto-socorro. Pouco depois, o pai saiu à caça do maníaco, mas não achou nenhuma pista.

Investigações

A delegada Tereza Cristina Ferreira Possetti informou que as investigações começaram no mesmo dia do crime, mas prefere manter sigilo para não causar constrangimento à família e à criança. ?Já mostramos o retrato para várias pessoas do bairro, mas não foi possível identificá-lo?, disse a delegada. Quem tiver informações do paradeiro do maníaco pode entrar em contato através do telefone 3283-0244. ?Este é um caso isolado, não temos ocorrências semelhantes em São José dos Pinhais?, contou Tereza.