O estudante de agronegócio, Rodrigo da Rocha Soares Pires, 24 anos, foi preso depois que a polícia encontrou, no quintal da casa dele, no Pinheirinho, um pé de maconha de 1,75 metro de altura.

O rapaz afirmou que era usuário e fazia chá de maconha para beber. Porém, a polícia apurou que o suspeito também comercializava a planta e o autuou por tráfico.

De acordo com o delegado Gerson Machado, do 11.º Distrito Policial, os investigadores receberam denúncia que dias atrás havia 11 pés de maconha na residência de Rodrigo, na Rua Professor Waldir de Jesus.

Porém, dez foram arrancados e, se a polícia demorasse, o pé restante também poderia ser retirado. Conforme a denúncia, era intensa a movimentação de pessoas na casa e constantemente havia brigas entre usuários que iam até lá para consumir a maconha. Gerson lembrou que Rodrigo já contava com passagem pela polícia, por furto, em Santa Catarina.