No início da noite desta quarta-feira (21), policiais da Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu apreenderam tabletes de crack que estavam sendo transportados junto ao corpo de uma senhora brasileira.

Os Policiais Federais estavam prestando apoio a uma fiscalização de rotina, no Posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR 277 em Santa Terezinha de Itaipu/PR (há 20 km de Foz do Iguaçu), juntamente com Policiais Rodoviários Federais e servidores da Receita Federal do Brasil.

Ao abordarem um ônibus que iria de Foz do Iguaçu para Porto Alegre, os Policiais Federais perceberam um volume estranho por debaixo da roupa de uma das passageiras. Com o apoio de uma servidora da Receita Federal do Brasil foi possível realizar uma revista pessoal na passageira, o que possibilitou a constatação de que a mesma carregava,
sob a calça e uma cinta, três pacotes envoltos em fita adesiva amarela contendo crack.

Em interrogatório na Delegacia a conduzida confirmou que comprara a droga em Ciudad Del Este, no Paraguai, por R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e que a levaria até a cidade de Canoas/RS onde a revenderia. Esclareceu também que esperava obter na revenda da droga cerca de R$ 10.000,00 (dez mil reais).

Os pacotes de crack, os quais totalizaram, aproximadamente, 2.585 gramas (duas mil quinhentas e oitenta e cinco gramas) foram apreendidos. A conduzida foi presa em flagrante delito e levada para a Delegacia de
Polícia Federal em Foz do Iguaçu.