Cuidado! Um golpista do Ceará, que se intitula coronel Cardoso de Figueiredo e diz que é da Montepil Seguros, de Brasília, está lesando várias pessoas em Curitiba e Região Metropolitana. De acordo com o delegado Agenor Salgado, titular da Delegacia de Estelionato, existem várias queixas registradas.

Ontem às 13h30, o golpista tentou aplicar um novo golpe. Ele telefonou para a casa de uma aposentada em Mandirituba e disse que ela tinha um pecúlio para receber no valor de R$ 43 mil. Para isso, teria que depositar em uma conta corrente R$ 880. Como a mulher ficou em dúvida, ele deu o prazo de meia hora para que ela pensasse.

Como havia identificador de chamadas na casa da vítima, a filha da mulher telefonou novamente para o número. Após várias tentativas em que a ligação caía na secretária eletrônica, um homem que se identificou como Márcio, da borracharia Santo Antônio, atendeu o telefone. “Era a mesma voz. O pior é que, meia hora depois, ele retornou a ligação perguntando se a minha mãe já tinha decidido”, contou Juliana Silveira. Ela disse que a mãe alegou que não tinha dinheiro para depositar e mesmo assim o espertalhão prometeu depositar R$ 5,8 mil em sua conta.

O delegado Agenor Salgado informou que as investigações continuam para identificar e prender o vigarista. Ele alertou às pessoas para que não acreditem em promessas de ganhar dinheiro fácil.