Nove pessoas foram detidas e 15 máquinas caça-níqueis apreendidas, em uma casa da Rua Adolfo de Oliveira Franco, Seminário, por volta das 20h de terça-feira. Seis jogadores e três funcionários da casa assinaram termos circunstanciados no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac) e foram liberados.

Segundo o capitão Walter Aguiar, do 12.º Batalhão da Polícia Militar, a polícia foi avisada que a casa estava sendo assaltada. Quando a primeira viatura chegou ao local encontrou uma escada encostada na parede e uma janela aberta. Prontos para enfrentar ladrões, os PMs entraram na residência e descobriram que o crime era outro. Havia várias pessoas jogando em uma sala e a falta de higiene era evidente.

Em um dos quartos, vários gatos dormiam em cima de uma cama e faziam as necessidades ali mesmo. “É uma residência de alto padrão e, pelo que vimos, tudo está abandonado, exceto, a sala de jogos”, explicou o capitão.