A polícia prendeu no final da tarde de hoje o rapaz de 22 anos acusado de matar o padre Joaquim Braz em Matinhos. Cléberson Rosa Amorim foi preso no balneário Riviera, no litoral paranaense.

Ele confessou o crime, disse que foi uma tentativa de assalto e apontou o local onde deixou a arma calibre 38 usada para matar o padre.

Ele foi transferido para Curitiba pois corria risco de linchamento. Na quarta-feira deverá ser transferido para outro local.