Policiais Civis do Grupo de Diligências Especiais (GDE) de Foz do Iguaçu prenderam segunda-feira (8) um homem foragido da Justiça de Santa Catarina há cinco meses. De acordo com o delegado Amarildo Antunes, a polícia de Foz começou a investigar o suspeito depois de receber denúncia anônima de que haveria um foragido de SC na cidade.

Mauricio Corrêa de Freitas, 29 anos, foi preso quando estava andando próximo à favela da Guarda Mirim, Vila Maracanã, centro de Foz do Iguaçu.

“Um policial fazia diligências pela região e reconheceu o suspeito”, explicou o delegado. Freitas teve a prisão preventiva decretada pelo Poder Judiciário da Comarca de Lages, Santa Catarina, em outubro do ano passado. Na ocasião, Freitas foi acusado de pertencer a uma quadrilha de tráfico de drogas junto com outras nove pessoas.

Segundo o delegado, as investigações continuam a fim de descobrir o que Freitas fazia em Foz do Iguaçu. “Queremos saber se ele só estava morando ou pretendia fazer algo aqui em Foz”, disse.

Freitas foi encaminhado à cadeia pública de Foz do Iguaçu, onde permanece aguardando transferência para Santa Catarina.