A polícia prendeu na manhã desta sexta-feira (17) Wiliam Pereira dos Santos, de 20 anos, o Wil. Ele é acusado de ter assassinado o estudante Matheus de Amorim da Silve, de 18 anos, em 18 de setembro do ano passado. Ele foi atacado quando o jovem saía de uma universidade e foi esfaqueado até a morte. Matheus chegou a ser atendido no local, mas não resistiu.

Wil foi preso em uma casa na Rua das Carmelitas, no Hauer, após a Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) obter a informação do paradeiro do marginal. Segundo os policiais que participaram da prisão, o rapaz não resistiu à prisão e confessou o crime. O assassino disse que cometeu o crime porque Matheus reagiu ao assalto.

O bandido já era fichado pela polícia desde maio de 2014, quando foi autuado por roubo, no entanto, estava em liberdade provisória.

Wiliam disse que matou Matheus porque ele reagiu ao assalto. Foto: Reprodução.