Com acompanhamento de um perito do Instituto de Criminalística, a Delegacia de Homicídios reconstituiu, domingo, os últimos passos de Clemans Abujamra, 51 anos, encontrada morta segunda-feira da semana passada, no Campina do Siqueira.

Os policiais seguiram do apartamento dela, no Batel, até o apartamento da irmã dela, no Rebouças, trecho que ela seguiu a pé. Depois que Clemans saiu da casa da irmã, por volta das 11h de sábado (27 abril), não foi mais vista.

A necropsia concluiu que Clemans morreu domingo à tarde, e não se sabe o que aconteceu, depois que ela saiu da casa da irmã. A polícia já tem suspeitos e uma linha de investigação, mas não revela detalhes.