Alberto Melnechuky
Vítima era acusada de praticar
furtos e arrombamentos.

Cansada dos incontáveis arrombamentos praticados por um indivíduo conhecido como ?Pajé? – considerado o ?terror? do Jardim Weissópolis – e com a falta de ação efetiva por parte da polícia para interromper a vida criminosa do acusado, a população de Pinhais se revoltou e resolveu fazer justiça ?com as próprias mãos?. Um grupo não identificado matou o acusado e ainda comemorou a morte com fogos de artifício.

?Pajé?, que no Instituto Médico-Legal está identificado com o nome suposto de Jeferson Teixeira, levou uma surra, depois foi morto a tiros e em seguida esmagado por um Opala, que passou por cima do corpo. O crime ocorreu na Rua Rio Piraquara, próximo à Rua Rio Ivaí, Jardim Weissópolis, pouco antes das 2h de ontem.

Segundo Valdir Bicudo, superintendente da delegacia de Pinhais, ?Pajé? era conhecido pelos diversos arrombamentos em residências e estabelecimentos comerciais, mas mesmo assim permanecia em liberdade.

A polícia ainda não tem identificação oficial da vítima nem dos agressores, que serão indiciados em inquérito por homicídio.