Três bandidos esperaram por quase quatro horas em uma lanchonete pela chegada do pagamento dos trabalhadores de uma obra no bairro Santo Inácio nesta sexta-feira (4). Quando o funcionário chegou com uma sacola de R$ 100 mil, se recusou a entregar o dinheiro e foi baleado. Ele reagiu e atingiu um dos marginais, enquanto os outros fugiram.

Uma testemunha que preferiu não se identificar contou que o trio chegou a uma lanchonete próxima à construção, que fica na Rua Tobias de Macedo Junior, por volta das 10h30. Eles tomaram cerveja e comeram tranquilamente.

Átila Alberti
Sangue estampado na grama e no boné são indícios da luta corporal entre vítima e bandidos.

O homem que levava o pagamento só chegou à obra perto das 14h. Ele foi abordado pelos bandidos e, como não quis entregar o dinheiro, levou um tiro na coxa e outro no ombro. Mesmo ferido, segundo a testemunha, ele pegou a arma do criminoso e atirou na boca e no braço dele. O bandido ainda tentou correr, mas parou em uma rua próxima, onde foi atendido pelo Siate. Conforme a testemunha, ele estava desesperado e gritava que ia morrer.

O suspeito de 25 anos e a vítima de 45 foram encaminhados ao Hospital do Trabalhador. Os outros dois marginais escaparam em uma motocicleta.