Foto: Átila Alberti/Tribuna
Vergonha só na hora
de mostrar a cara.

Cinco assaltantes, incluindo o ex-motorista da traficante ?Evinha do Pó?, assassinada em março de 2002, foram presos pela Polícia Militar na tarde de ontem. Eles fizeram várias vítimas, a maioria mulheres, roubando bolsas e carteiras de dinheiro. Após abordar duas mulheres na manhã de ontem, três dos bandidos foram perseguidos e capturados pela PM. Acabaram entregando ainda mais dois comparsas, que estavam escondidos no ?mocó? do grupo, local onde a polícia encontrou bolsas femininas, carteiras, e documentos das vítimas do bando. Diversas pessoas que tiveram seus pertences roubados, incluindo funcionários da empresa Siemens, instalada no bairro, reconheceram os detidos como autores de mais assaltos ocorridos nas últimas semanas.

Às 7h30 de ontem, na Rua João Bettega, próximo da empresa Ferramentas Gerais, uma das vítimas chamada Jennyfer Schneider estava em um ponto de ônibus, quando o Kadett branco placa AFP-4329, com películas nos vidros, parou e o motorista furtou a bolsa de Jennyfer, fugindo em seguida. Logo ela avisou a polícia, que patrulhou imediatamente a área e localizou o veículo nas imediações do terminal do CIC. No carro estavam Fernando Augusto de Jesus, Joel Pinto Ferreira e Alexandre Nereo Mazzurana. Com eles havia um simulacro (pistola de brinquedo), uma balaclava (touca que cobre toda a cabeça e só tem abertura nos olhos), uma bolsa feminina, um celular e documentos.

Fernando, condutor do Kadett, ao ser indagado sobre o proprietário do carro, disse que tinha encontrado o veículo abandonado na rua. Pressionado, acabou contando outra história e levando os soldados Bucenko e Colaço ao mocó do grupo, na Rua Davi Xavier da Silva, 528, praça central da Vila Nossa Senhora da Luz, no CIC, onde os policiais encontraram Reinaldo Matheus, proprietário do Kadett, e Lourival Pereira Souza Filho, que além de ter antecedentes criminais por lesões corporais, cometidas em um acidente de trânsito culposo, foi identificado pelos policiais como sendo motorista da famosa traficante ?Evinha do Pó?. Os outros rapazes, disse o superintendente Luiz Pereira da Silva, estão com a ficha limpa. Um deles, inclusive, era funcionário da empresa Bosch.

No mocó os PMs também localizaram os documentos pessoais de Jennyfer; de Cíntia Dolgan Oliveira, vítima de roubo também na manhã de ontem por volta das 7h, quando seguia ao trabalho; e Luci Fátima Ponzoni, assaltada às 21h30 de quinta-feira no Pinheirinho. Também estavam no ?mocó? documentos de identidade e cartões de crédito em nome de Telma Rodrigues Ferreira, Neuvando J. Santos e Luzia Moreira Sousa, além de braçadeiras de nylon e conectores para cabos de computador. Os cinco assaltantes foram levados ao 11.º distrito policial (CIC), onde foram autuados em flagrante pelo delegado Geraldo Celezinski e onde permanecerão detidos.