Suspeita de ser dona de um desmanche de veículos, Natália Anjos Hinkel, 51 anos, foi detida segunda-feira, em São José dos Pinhais. Na residência dela, o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) localizou três automóveis roubados, além de de vários segmentos de chassis sem registro de queixa, que seriam implantados em outros veículos.

Natália ainda estava em posse de uma espingarda calibre 36, sem registro. O filho dela, Valdocir Hinkel, 36, é procurado pelo Cope. Com a prisão, a polícia recuperou uma Parati, roubada sexta-feira em Araucária, além de dois Voyage, tomados em assalto em datas anteriores.

Os veículos da marca Volkswagen e com vários anos de uso eram os preferidos e eram roubados na região metropolitana. “Esses automóveis tinham suas numerações identificadoras de chassi e motor adulterados, em alguns casos repintados, e depois vendidos”, explica o delegado-chefe do Cope, Hamilton Cordeiro da Paz.

Filho

Natália alegou que seu filho era o responsável pela adulteração dos carros. O rapaz, que não tem antecedentes criminais, não foi localizado, mas terá a prisão preventiva solicitada à Justiça.

Porém, diante da legislação eleitoral, que não permite prisões antes e depois do dia das eleições, a prisão de Valdocir só deverá ocorrer na semana que vem. Natália foi autuada por receptação e posse ilegal de arma.