Assalto a uma casa noturna, no Ferraria, em Campo Largo, foi interrompido por policiais militares do 17.º Batalhão, no começo da madrugada de ontem. Eles desconfiaram de um carro abandonado em frente ao estabelecimento, com o pisca-alerta ligado. Os PMs entraram na boate e flagraram os assaltantes. Houve troca de tiros e um dos suspeitos, Fernando Alex Araújo, 23 anos, foi preso em flagrante.

Os policiais patrulhavam a região, quando perceberam o Monza placa BEL-8800, parado no acostamento da BR-277, no quilômetro 102, em frente à casa noturna Vovó Elza.

Como não havia ocupantes no carro, foram até o estabelecimento para localizar o proprietário. Quando chegavam à porta de entrada, um funcionário apareceu correndo, dizendo que o lugar estava sendo assaltado.

Tiros

Em poucos segundos, iniciou-se confronto armado e um policial, do lado de fora, atirou na direção de um suspeito, que estava no balcão. Manchas de sangue no chão da casa noturna indicam que alguém, provavelmente um dos bandidos, foi ferido no tiroteio. Houve correria e, rapidamente, o local foi esvaziado.

Pelo menos três pessoas foram vistas entrando em um matagal próximo. De acordo com os policiais militares, na fuga, os assaltantes abandonaram as armas. Foram apreendidos um revólver calibre 32, municiado com três cartuchos não deflagrados, e dois simulacros de pistola.

Outras viaturas foram acionadas e a PM localizou Fernando. Ele foi reconhecido pelas vítimas e conduzido à delegacia de Campo Largo, onde foi autuado em flagrante por tentativa de roubo. As vítimas não souberam dizer quantos eram os assaltantes, mas confirmaram que nada foi roubado do estabelecimento.

Carro

De acordo com informações da delegacia, o Monza não foi apreendido, porque não teria envolvimento com a tentativa de assalto. “Ao que tudo indica, foi uma coincidência”, disse o escrivão Nibaldo.