Ederson Machado foi preso
ainda com o produto do roubo.

Logo após roubar 8.200 vales-transporte, Ederson Machado, 20 anos, foi preso por policiais militares e conduzido à Delegacia de Furtos e Roubos, onde foi autuado em flagrante. O comparsa do rapaz conseguiu escapar, mas já foi identificado pela polícia e deve ter seu mandado de prisão decretado pela Justiça.

Eram 10h30, quando um funcionário da prefeitura de Campo Largo, que ocupava um Gol e transportava os vales-transporte, foi abordado por dois homens armados de revólveres, que estavam em uma motocicleta Twister preta. Os motoqueiros pararam, um deles desembarcou e deu voz de assalto. Mediante ameaça, ordenou que a vítima entregasse os vales. Depois saiu caminhando tranqüilamente com o pacote dentro do capacete. A PM foi acionada e chegou rapidamente ao local. Em patrulhamento pela região, localizou Ederson, que ainda estava com o produto do roubo. O comparsa dele conseguiu escapar.

Investigações

O delegado Rubens Recalcatti, titular da DFR, informou que, além desse roubo, Ederson praticou outro na semana passada. “Ele já foi reconhecido. Acreditamos que está envolvido em outros roubos semelhantes”, frisou.