Depois de fugir da polícia e capotar o veículo que dirigia na BR-277, em Campo Largo, Enilson Pavan Ângelo, 19 anos, foi preso em flagrante com quase 105 quilos de maconha e dois quilos de haxixe. Ele vinha de Foz do Iguaçu e entregaria a droga em Curitiba, mas foi interceptado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Enilson contou que pegou o carro de uma pessoa que não conhece, na rodoviária de Foz do Iguaçu. Deveria abandonar o Santana placa GXU-1115 (Patrocínio – MG), ao lado da rodoferroviária de Curitiba.

Porém, às 5h30 de ontem, quando passava pelo posto da PRE, em São Luiz do Purunã, não obedeceu à ordem de parar. Fugiu e foi perseguido pela BR-277. No quilômetro 180, já em Campo Largo, perdeu o controle e capotou o carro.

Apesar do veículo ter ficado destruído, o condutor teve apenas arranhões. Saiu do Santana e tentou fugir a pé, mas foi alcançado. No veículo, a polícia encontrou a maconha (104,955 quilos) e o haxixe (1,960 quilo) espalhados pelos bancos.

Enilson, morador no bairro Porto Belo, em Foz do Iguaçu, disse que tinha dois empregos: numa fábrica de gelo e como empacotador, num supermercado. No final de semana, segundo afirmou, estava bebendo com amigos quando alguns homens perguntaram quem queria ganhar dinheiro extra e ele aceitou o “serviço” por R$ 500,00.