Moisés saiu do presídio há dois meses e voltou a vender drogas.

Uma semana após o término de uma megaoperação policial na Vila das Torres, um homem foi flagrado com dinheiro e droga, circulando pelo bairro. Moisés Salles Dias, 53 anos, ex-presidiário, disse desconhecer que o lugar ainda era vigiado e acabou preso em flagrante na manhã de ontem.

Cerca de 100 policiais seguem rondando a vila diariamente, segundo o tenente Marcelo Vieira, que comanda a ação da PM neste desdobramento da operação. Três destes policiais militares – os soldados Severian, Guimarães e Bacun – suspeitaram de Moisés e resolveram abordá-lo na Rua Embaixador Hipólito de Araújo, às 8h45 de ontem.

O homem carregava R$ 3.071,00 em dinheiro, 47 pedras de crack já embaladas e mais 30 gramas em pedra bruta. Segundo a PM, a droga poderia render até R$ 10 mil. ?É possível que ele tivesse acabado de receber a droga e o dinheiro de um traficante maior?, falou o oficial. O detido, porém, não revelou a origem do entorpecente.

Moisés deixou a Penitenciária Estadual do Paraná há dois meses, depois de cumprir quatro anos de prisão por tráfico de drogas. Ele alega que o dinheiro encontrado em seu poder fora recebido por trabalhos prestados na prisão. ?Iria fazer umas compras?, disse o acusado, que afirma trabalhar como vendedor ambulante na Rua Barão do Rio Branco, centro. Ele não negou, porém, que a droga seria revendida.

A megaoperação na Vila das Torres aconteceu entre os dias 28 de fevereiro e 2 de março e envolveu 700 policiais civis e militares. No período, 3,5 mil pessoas foram abordadas e 30 detidas. Segundo o Governo do Estado, o reforço seguirá no bairro até que sejam implantados programas sociais que atendam a comunidade.