Policiais do 7.º Distrito Policial apreenderam mais de três mil produtos piratas na casa de Luiz Carlos da Silva, 46 anos, no Hauer. O homem, que foi preso por violação de direitos autorais, produzia CDs e DVDs falsificados e distribuía em lojas de diversos bairros de Curitiba.

O delegado Erineu Portes informou que a polícia chegou até Luiz a partir de denúncias de vários comerciantes. “São trabalhadores que se sentem prejudicados pela reprodução e distribuição de produtos piratas”, contou.

Na tarde de quarta-feira, os policiais averiguaram as denúncias e confirmaram que Luiz tinha uma pequena fábrica de CDs e DVDs em sua residência, na Rua Carlos Essenfelder.

No local, foram encontrados aproximadamente dois mil DVDs, mil CDs, oito computadores, 60 leitores e gravadores de CDs e DVDs, uma impressora e grande quantidade de cópias de capas de reproduções piratas.

“Ele admitiu que tinha condições de produzir mil produtos por dia e que a produção era destinada para a venda em Curitiba”, relatou o delegado Portes. O material apreendido será encaminhado a um cartório até que haja uma decisão judicial para que seja destruído. Luiz foi preso em flagrante.