Há algum tempo, policiais militares do serviço reservado do 17.º BPM observavam Joel Gonçalves da Costa, 28 anos, suspeito de estar usando documentos falsos. Na quarta-feira à tarde, o sargento Marcos e os soldados Silveira e Bernardes encontraram e detiveram o homem, na Estrada da Ribeira, Aterradinho, em Bocaíuva do Sul, e confirmaram as suspeitas.

Joel estava com a carteira de identidade de um sargento da Polícia Militar e mais duas em nome de pessoas diferentes, porém todos os documentos com fotos suas. Também foi encontrado o CPF do PM, com o qual Joel abriu uma conta bancária, e talões de cheques frios, em nome de mulheres. “Para lesar”, foi a resposta de Joel sobre o porquê das falsificações, embora tenha dito que não efetuou nenhuma compra com os documentos falsos, adquiridos na Praça Osório. Ele não quis informar quanto pagou cada um, com medo de “se complicar”. “Esta foi a primeira vez que fiz isso”, afirmou, dizendo estar com o material apreendido há dois meses.

Para o sargento Marcos, Joel usava a documentação “fria” para fazer compras. “Sabemos que ele adquiriu um DVD em uma loja de eletromésticos, no Alto Maracanã (Colombo), e já soltou 23 cheques em nome do sargento”, comentou o policial. O detido disse morar no Capão da Imbuia e trabalhar como caminhoneiro. Ele foi encaminhado à delegacia de Bocaíuva.