O último suspeito de ter participado da chacina no Tatuquara – que vitimou três mulheres e deixou outras duas feridas, em março deste ano – foi preso. Trata-se de Luiz Fernando de Oliveira, 20 anos, o “Fernandinho” (foto). Além dele, são acusados da matança Izac Martins dos Santos, o “Jacó”, e um criminoso conhecido como “Luiz Vermelho”. “Jacó” foi preso na cidade de Barbosa Ferraz (PR) e “Vermelho” morreu em junho, em confronto com a polícia durante um assalto.

Investigadores receberam informações de que o suspeito, que havia ficado algum tempo longe do bairro, estava de volta. O acusado afirmou que conhecia as vítimas, mas negou sua participação no crime.

O preso fazia parte do grupo que baleou Gislaine Samanta Soares de Lima, 20 anos; Denise Rodrigues Tomé, 27; as duas filhas de Denise, Glaucimara Rodrigues Tomé e Greicy Kelly Rodrigues Tomé, 15. Esta estava segurando o filho de 20 dias nos braços. A criança foi poupada. A prima dela, Georgina Tomé da Silva, 21, e Nelson Voltz, 47, também foram feridos.